Os financiamentos para compra de carros novos ou usados são realizados em diferentes bancos privados e públicos, por meio do CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

Para isso, as pessoas podem entrar em contato direto com os bancos, informando-se com um gerente como podem ser feitos os financiamentos. Os valores financiados e as prestações são negociados de acordo com o salário do comprador.

Assim, a negociação é realizada sem intermediação da loja (concessionária) que vende o veículo. Também existem as opções de leasing, na qual o carro é alugado com opção de compra, e o consórcio, no qual o carro só é recebido quando a pessoa é sorteada…

Vamos conhecer as principais modalidades?

Leasing: Com essa modalidade também é possível fazer um financiamento de carro sem entrada. No entanto, no leasing, o carro fica no nome da instituição financeira até você quitar o valor integral.

Crédito Direto ao Consumidor (CDC): Essa é a categoria mais comum na hora de comprar um carro financiado. Funciona assim: a instituição financeira libera o preço integral do bem para a compra à vista e o consumidor reembolsa esse valor ao banco de maneira parcelada e com acréscimo de juros — é como se fosse um empréstimo mesmo.

Consórcio: No consórcio também é possível fazer um financiamento de carro sem entrada, mas você não tem garantia nenhuma de que terá a chave do bem logo que assinar o contrato. Ou seja, é como se as prestações fossem um aluguel. Só depois de pagar tudo que o veículo passa a ser seu.

Portanto, é de fundamental importância que, além de entender como financiar um carro, sua organização financeira esteja atualizada. Dessa forma, você tem previsibilidade ao assumir o compromisso e não fica no vermelho ao fechar o contrato de financiamento.

Quer financiar um Carro? Solicite uma proposta sem compromisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.